News

GT: Retardatários tiram vitória da Blau Motorsport no Rio de Janeiro

Back to full list


Uma confusão envolvendo retardatários tirou da dupla da Blau Motorsport a vitória na corrida que abriu a rodada dupla da quarta etapa do Campeonato Brasileiro de GT, no Rio de Janeiro. Marcelo Hahn foi atingido por um retardatário quando liderava com folga a disputa deste sábado, rodou, e acabou cruzando a linha em segundo lugar. A vitória acabou caindo no colo de Sérgio Jimenez e Paulo Bonifácio.


"Começamos a corrida muito bem. O carro estava muito bom no início e era só manter. O Sergio [Jimenez] ficou preso atrás do Julio [Campos] no início e o carro estava perfeito. O Marcelo pegou o carro 7s5 à frente e era para ser um resto de prova tranquilo, mas conseguiram complicar a nossa prova. Os pilotos da BMW confessaram ter batido atrás quando o Marcelo freou. Uma pena, pois era para ser a terceira vitória", comentou o piloto Allam Khodair.

Depois de largar da pole, Khodair dominou a primeira metade da prova e passou a condução da Lamborghini Gallardo LP600+ para seu parceiro, Marcelo Hahn, completar a disputa conforme manda o regulamento.

Com uma vantagem superior a sete segundos para o Mercedes-Benz de Paulo Bonifácio, parceiro de Sergio Jimenez, Hahn buscava administrar esta diferença quando ficou preso entre três carros da divisão GT4 (bem mais lenta) e, no miolo do circuito, foi bloqueado pela Ferrari de Fábio Greco e Valter Rossete. Ao frear para evitar o choque, o piloto do carro número 16 acabou atingido por trás, rodou e perdeu a primeira posição para Boni/Jimenez. Mesmo se recuperando e voltando à pista, Hahn não teve como descontar o tempo perdido, recebendo a bandeirada em segundo, a 6s725 dos vencedores.

"Eu vinha tomando cuidado com os retardatários, pois a diferença de carro era muito grande, assim como a velocidade. Eu cheguei atrás da Ferrari e não conseguia passar. Na curva 120, ele fechou a minha porta, freei para não bater e os BMW que vieram atrás bateram em mim. Rodei, saí da pista, mas sorte que o carro não morreu e eu engatei a primeira para conseguir manter pelo menos o segundo lugar. O objetivo era ganhar a corrida, mas dos males o menor: perdemos só três pontos", relata Hahn.

Hahn e Khodair ocupam agora a terceira posição do campeonato com 98 pontos. Dois a e menos que a dupla vice-líder Cléber Faria e Duda Rosa. A ponta da tabela é ocupada por Cláudio Dahruj e Cacá Bueno, que somam 105 pontos.

A corrida complementar, que tem Hahn largando da quarta posição, está marcada para o meio-dia do domingo (horário de Brasília). A RedeTV! e o canal por assinatura SporTV2 exibem o evento a partir das 11h45. Confira o resultado final da primeira prova no Rio:

1. Paulo Bonifácio/Sergio Jimenez (Mercedes), 39 voltas
2. Marcelo Hahn/Allam Khodair (Blau Lamborghini), a 6s725
3. Cleber Faria/Duda Rosa (Mercedes), a 24s161
4. Vanuê Faria/Renan Guerra (Mercedes), a 32s941
5. Cacá Bueno/Claudio Dahruj (BMW), a 50s704
6. Guilherme Figueiroa/Julio Campos (Lamborghini), a 1min02s132
7. Popó Bueno/Marcelo Franco (Ford), a 1 volta
8. Rafael Derani/Claudio Ricci (Ferrari), a 1 volta
9. Fabio Ebrahim/Wagner Ebrahim (Audi), a 1 volta
10. Valdeno Brito/Constantino Jr. (BMW), a 1 volta

Português Inglês Espanhol Espanhol